7 de dez de 2011

TUI NÁ - Uma Massagem Terapêutica

A massagem Tui Na é uma das mais antigas artes de cura da MTC- Medicina Tradicional Chinesa. Muito de sua técnica encontra-se mencionada no Nei Jing (内經) - "O Clássico do Imperador Amarelo", datado de 2300 aC que apresenta muitos capítulos sobre a massagem.

Embora praticada na China por mais de 4 mil anos, e seja utilizada nos hospitais e clínicas de todo o País, este sistema de tratamento - com esse nome - ainda é pouco conhecido no ocidente.Aqui se conhece muito o Shiatsu, do Japonês, “pressão com o dedo”, que é uma variação da Tuiná.
 
Por volta de mil anos atrás, a Tui Na foi introduzida no Japão, ainda com o nome original, depois o Governo proibiu termos estrangeiros e, além do nome, teve alguns protocolos e manobras modificadas, tornando-se o que hoje conhecemos por Shiatsu.

A prática do Lian Gong em 18 terapias, ginástica desenvolvida na China, pelo Dr. Zhuang Yuen Ming, médico ortopedista da Tradicional Medicina Chinesa, fundamentou-se nos mesmos conceitos básicos da massagem Tui Na.

Antigamente, essa massagem era chamada de An Mo (nome que prevalece até hoje no Sul da China), atualmente, é mais conhecida como Tui Na. Ambos An Mo ou Tui Na são termos usados para a mesma prática.
O nome vem do chinês e trás consigo a natureza vigorosa da prática desse sistema de cura, incluindo duas acões: Tui, que significa empurrar, deslizar; e Na, que significa segurar com força, apreender. Por sua vez, An Mo também nomeiam duas de suas técnicas de manobras. An siginifica pressão fixa e Mo pressão leve com movimento giratório.

Além de trabalhar o sistema músculo-esquelético do corpo e os órgãos internos, Tui Na requer pressão nos meridianos e acupuntos específicos. Esta pressão interfere no fluxo de Qi, fazendo com que este se mova livre e calmamente por todo o corpo. A boa distribuição de Qi no corpo tem efeitos profundos em todos os aspectos do bem-estar mental, emocional, espiritual e físico. Segundo a MTC-medicina tradicional Chinesa, todas as doenças são causadas por desequilíbrios e bloqueios no fluxo de Qi. Quando o fluxo de Qi está equilibrado você se sente relaxado, confiante, cheio de energia e entusiasmo.

Embora os benefícios principais de Tui Na venham da interação entre o doador e o receptor, há algumas técnicas que podem ser utilizadas em sí mesmo. Estas auto-massagens, se realizadas diariamente, aumentam os níveis de energia, ajudam o sistema imunológico, proporcionando saúde e bem-estar e fazendo com que a energia seja irradiada durante o dia todo. São altamente indicadas para os terapeutas no processo de cuidado com o cuidador.

A intenção do coração e da mente durante a aplicação da Tui Na, assim como a consciência do momento presente exercem significante influência sobre o efeito do toque no corpo, potencializando os seus resultados. Por isso, a medicina chinesa recomenda uma série de treinamentos interiores com a finalidade de aprimorar o praticante da Tui Na no emprego da sua intenção voluntária. Estes treinamentos estão incluídos nas práticas do Tai Chi Chuan, que são meditação, Qi Qong que significa trabalho/exercício/cultivo da energia e a própria automassagem.

A postura corporal do massoterapeuta também é de grande importância para o bom resultado da massagem. O praticante deve posicionar-se de maneira a que todo seu corpo dê apoio à parte que exerce a técnica escolhida, prevenindo-se de problemas futuros, como também que a sua postura favoreça a conexão do seu corpo com o céu e a terra, renovando, constantemente, sua própria energia.

Finalmente, devemos dizer que o bom senso, a intuição, a criatividade e a presença, bem como um bom treinamento físico, mental e energético, são requisitos básicos que devem ser observados por todos que atuam como massoterapeuta.

Clique aqui para saber mais sobre o curso de férias de Tui Na.

Nenhum comentário:

Postar um comentário