9 de jul de 2015

SHUAI SHOU GONG

Tradução: Aristein Woo 
Revisão: Yara Marcia
Método de treinamento interno, extremamente simples, que tem como objetivo principal aumentar a vitalidade do Qi e do Xue (fluido vital e sangue, respectivamente) do praticante, além de liberar os meridianos, harmonizar as articulações, relaxar o corpo e acalmar a mente.
Este método tem origem no Yijinjing, cujo significado é tornar fortes os tendões fracos, tratar o tendão doente, tornando-o firme. O Shuai shou estimula o corpo por meio da tração sobre o punho, palma, calcanhar, joelhos e os doze meridianos tendíneos, com movimentos de contração. Ao mesmo tempo, a prática contínua de shuai shou pode ampliar a capacidade torácica, nutrir o sangue e fluidos corporais no interior do corpo, chegando até a microcirculação sanguínea nas extremidades. O aumento da velocidade com que o Qi e o Sangue fluem promove a circulação, prevenindo a isquemia e facilitando a remoção de resíduos (toxinas) do interior do corpo.

Há vários relatos de cura de doenças crônicas em pessoas que passaram a praticar, diariamente, Shuai shou gong, como o caso de um senhor de quase 100 anos que há mais de 20 anos não consulta um médico, mantendo a saúde, o corpo firme e forte. Seu passo é firme e ágil, como se voasse.

Todos que desejarem ter saúde devem aprender e praticar esse exercício!

Principais Indicações
A prática do Shuai shou gong pode ajudar a tratar muitas doenças como o câncer de colón retal e outros males crônicos; pressão alta, doença hepática e cardíaca; neurastenia, bronquite, artrite, dor no ombro e problemas de pele, com efeito bastante significativo.

Além disso, pode ajudar a perda de peso.

Num caso de cura do câncer colorretal, foi necessário praticar a série mais de 2.000 vezes por dia. Após três meses de prática diária, foi feito um re-exame, descobrindo-se que o câncer havia desaparecido. A doença ficou sob controle.


Shuai shou gong na prática:
a) de pé, relaxe, faça três respirações profundas, mantendo a mente no presente;
b) os pés devem estar paralelos, à largura dos ombros;
c) mantenha os olhos ligeiramente fechados e ambas as mãos abertas, com as palmas voltadas para baixo;
d) balance os braços, com pouca força, para frente e para trás;
e) a cada dez repetições, flexione ambas as pernas e lance os braços, mais vigorosamente para trás.

Dicas:
a) em cada dia, praticar - disciplinadamente - essa série por pelo menos meia hora . Porém, quanto mais tempo, melhores os resultados!
b) após a prática, recomenda-se tomar uma xícara de água quente ou chá, que podem ajudar a melhorar a circulação sanguínea.
c) melhores efeitos podem ser obtidos se for possível “tirar uma soneca” , de vinte a trinta minutos, após o exercício.
d) o ideal é realizar a prática de estômago vazio. No entanto, como se trata de um exercício suave, pode ser realizado depois de certo tempo após as refeições, podendo ajudar a melhorar a digestão.




Nenhum comentário:

Postar um comentário